Reino Unido/Eleições: Portugal continuará a ser parceiro haja ou não ‘Brexit’ – ministro Eduardo Cabrita
Monday, January 20, 2020.

O ministro da Administração Interna afirmou hoje que o Reino Unido continuará a ser um parceiro para Portugal em matéria de segurança, independentemente da sua saída da União Europeia, que, se for concretizada, espera “seja tão suave quanto possível”.

Alimentação sem Glúten 100%


Eduardo Cabrita falava na sede do ministério, em Lisboa, na cerimónia de condecoração de elementos das embaixadas de Espanha, França e Reino Unido e de um oficial da Polícia Nacional de Espanha pelos serviços prestados em termos de cooperação com Portugal.


O Reino Unido foi hoje a votos em eleições legislativas antecipadas, convocadas pelo Governo liderado pelo conservador Boris Johnson para tentar desbloquear o impasse criado no parlamento sobre o processo de saída do país da União Europeia, o chamado ‘Brexit’.
Para o ministro da Administração Interna, “independentemente de existir ou não ‘Brexit'”, o Reino Unido “continuará na Europa” e “a ser um parceiro de Portugal” em matéria de “segurança interna”.


Eduardo Cabrita espera que a saída do Reino Unido da União Europeia, a efetivar-se, “seja tão suave quanto possível”.
O Partido Conservador, do primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, tenta nas eleições de hoje recuperar uma maioria absoluta, perdida devido a expulsões e deserções de deputados insatisfeitos com o rumo do ‘Brexit’ e também devido ao desentendimento com o aliado Partido Democrata Unionista (DUP) da Irlanda do Norte.
No lado oposto, o Partido Trabalhista lidera a oposição na tentativa de travar o acordo negociado por Johnson com Bruxelas para completar o processo de saída da União Europeia até 31 de janeiro, prometendo renegociar os termos e submeter o resultado a referendo.

Afro Português Restaurante em Barking


Na sua intervenção, o ministro da Administração Interna salientou que as condecorações hoje atribuídas pelo Estado português traduzem a “cooperação exemplar na segurança”, nomeadamente em termos de formação e prevenção de riscos, entre Portugal, Espanha, França e Reino Unido e que a Europa é um “espaço de liberdade, segurança e justiça” e de “partilha de valores democráticos”.
Antonio Calzado Santiago, conselheiro do Interior da Embaixada de Espanha, Marina Lebreton, adida de Segurança da Embaixada de França, e Rebekah Bayliss, secretária política da Embaixada do Reino Unido, foram agraciados com a Medalha de Mérito “Liberdade e Segurança na União Europeia”.
Avelino García Lopez, inspetor-chefe da Polícia Nacional de Espanha, recebeu a Medalha de Prata de Serviços Distintos.

PN/Lusa

NOTICIAS RELACIONADAS

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *