O dragão do vírus contra São Jorge
Saturday, July 4, 2020.

A cada 23 de abril é comemorado o dia de São Jorge, o santo padroeiro da Inglaterra e muitos outros países.

No entanto, nessa data, assim como na ocorrida dois dias antes, por ocasião do aniversário de 94 anos de Elizabeth II, não havia pessoas em nenhum pub, bar ou encontro popular para celebrar qualquer um desses eventos.

Isso é algo sem precedentes nos 68 anos em que a monarca britânico reinou.

Saídas semanais para Portugal

A cruz vermelha sobre fundo branco é o emblema de São Jorge e também a bandeira nacional da Inglaterra, que voa em milhares e milhares de casas, e também é uma das três cruzes que compõem o “Union Jack”, o banner do Reino Unido, que também aparece nas faixas de muitas outras nações.

A lenda de São Jorge conta que ele derrotou um dragão

Essa cruz também estava no brasão da monarquia de Aragão que, quando unida à de Castela, criou o que seria o império espanhol, que se tornaria o maior estrangeiro que já existiu. Ainda hoje, São Jorge é um santo padroeiro, não apenas em Aragão, mas em Portugal e na Catalunha.

Os catalães costumam celebrar Sant Jordi com flores e presentes de amor, como se fosse o equivalente ao Dia dos Namorados, mas desta vez eles não poderão celebrá-lo assim nem em suas festas anuais perto da Ponte de Londres devido ao distanciamento social.

Especialistas em dívidas e finanças

Agora, ingleses e catalães, que têm em comum países unidos em seus respectivos reinos multinacionais, também podem compartilhar o fato de que seus respectivos chefes de governo terem contraído o COVID-19.

A lenda de São Jorge conta que ele derrotou um dragão. Hoje, todos sabemos que uma fera assim nunca poderia existir, mas ninguém imaginou que uma fera pior, menor que a menor coisa viva, causaria mais estragos do que qualquer gigante alado que cuspisse fogo.

Por: Isaac Bígio (Analista Internacional)

PN/Londres

NOTICIAS RELACIONADAS

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *