Museu de Guerra em Londres
Friday, October 19, 2018.

Logo após a entrada, é possível ver um míssil com a altura de um edifício de quatro andares e o que sobra de um carro que explodiu no Iraque num ataque terrorista. Um tanque de guerra aqui, um Jeep da Reuters (Press) ali e um sem número de artefactos usados nas duas grandes guerras mundiais. São cinco pisos imensos de história e consciência humana que demoram a visitar todo o tempo que o visitante tenha disponível para a visita.

No exterior, dois imensos canhões decoram o jardim ladeado de munições com mais de um metro e meio de altura.

A entrada é grátis e a segurança exige revistar malas de senhora ou pastas de homens para se certificarem de que nenhuma arma entra. São suficientes as que estão no interior. Todo o tipo de armas. Todo o tipo de cenários de guerra.

Pistolas, metralhadoras, canhões, bazucas, espingardas de todos os géneros e feitios, de todas as épocas desde que o homem aprendeu a disparar. E os têxteis, e as modas e a história de quando O Reino Unido e o Mundo inteiro esteve envolvido em todo o tipo de misérias que a Guerra arrasta.

No tecto da nave principal, diversos aviões de Guerra testemunham o tipo de armas aéreas que foram usadas no combate entre países. Não importa onde o disparo foi feito. Em terra, no ar ou debaixo de água, todo o tipo de máquinas e munições estão expostas.

Aviões, barcos, motos, bicicletas, submergíveis, tudo está exposto para regalo dos olhos e excorrega de lágrimas por aquilo que os homens são capazes de fazer a outros homens.

Situado em Kenningthon, junto a Elephant and Castle e Vauxhall onde começa o Litle Portugal a Sul de Londres, é possível visitar a história e conhecer o pior que os homens são capazes de ser.

Importador e distribuidor de produtos portugueses

Num espaço, detectamos a famosa máquina “Enigma” que tanto trabalho deu aos aliados para decifrar o código e que deu origem ao filme “Breaking the Code” e que levou os alemães a perder diversas posições em relação ás forças militares do Reino Unido.

Mais adiante, uma mesa de cirurgias que servia para as experiências clínicas do Reich Alemão em pessoas consideradas inválidas, judeus, ciganos ou simplesmente pessoas adversas ao regime de Hitler.

Aião abatido

Entre pisos, uma janela enorme que chegou dos atentados das Twin Towers em Nova York. Todo o tipo de guerra cabe dentro do edifício para nos mostrar o quanto os homens são capazes de fazer para atacarem outros homens e outros homens são capazes de fazer para se defenderem de outros homens ainda.

Na vitrina onde se guardam objectos das vítimas de Auschwitz, um brasileiro deixa cair uma lágrima. Mais à frente, um judeu ultra ortodoxo olha as máquinas de tortura utilizadas pelo regime Nazi dos anos 40 do Século passado. Serão as suas memórias ou as memórias de familiares ou amigos?

Saídas semanais para Portugal

Num dos corredores, está recriada uma trincheira com sombras de militares que passam e repassam ao som das bombas a rebentar ali perto. Discutem entre si numa gravação acompanhada de uma sombra que mostra um militar a estender os fios das comunicações. E cada uma das pessoas ali presente a sentir o clima, o mesmo clima que os militares sentiram entrincheirados entre o fundo da terra e o fogo inimigo que vinha dos ares. Todas as emoções estão ao rubro a arrepiar os pelos do corpo de cada visitante.

Em todos os pisos, salas com televisão passam filmes de testemunhos vivos. Pessoas que sobreviveram a lembrar outras que não tiveram a mesma sorte.

Filmes com desfiles militares, discursos empolgados, memórias que é preciso não perder. Mostrar, viver a história para que não se volte a repetir um horror que muitos testemunharam e milhões ainda não esqueceram. Tudo, na frente dos seus olhos com imagem, som e objectos presentes para que cada um possa conhecer a história. A parte pior da história da humanidade.

A invasão da Polónia, a chegada de Hitler a Paris e os intensos bombardeamentos no Reino Unido, decoram paredes e os detalhes são contados em dezenas de televisões dispostas em salas com bancos para que os visitantes possam assistir aos diversos filmes.

Na entrada do piso superior que está reservada para o holocausto, uma vagão de combóio está simulado para que o visitante possa sentir o ambiente em que eram transportados os deslocados para os campos de concentração.

Mais à frente, uma maquete do campo de concentração ilustra não apenas a enorme extensão do campo mas também a forma como tudo era operado. A chegada dos comboios davam entrada e como eram “descarregadas” as pessoas que nele viajavam nas piores condições possíveis e para onde eram deslocadas para as naves para depois darem entrada nos fornos de gás, também estes retratados nos diversos cenários que aludem ao tema do holocausto.

Compre online

Outro dos ambientes que é possível descobrir, relaciona-se com o mundo têxtil da época.

Para os períodos da guerra, podem-se ver os lenços que as mulheres usavam ao pescoço com incentivos à coragem no esforço de guerra e outras roupas que se tornaram moda na época mas é sobretudo nos uniforme ao longo dos tempos que se desperta a curiosidade de quem visita o Imperail War Museum.

Manequins, vestem fatos civis que foram oferecidos aos militares que regressavam da guerra enquanto também se podem ver os valiosos blusões de pele dos pilotos aviadores.

A guerra química, está também incluída nos diversos equipamentos expostos a mostrar a dimensão do esforço que Mundo faz para os teatros de guerra  num Mundo em que a Paz é bem mais barata.

Para quem quiser ver em detalhe cada um dos pisos, pode sempre acompanhar-se de um lanche e aproveitar os jardins circundantes ao museu podendo depois regressar uma vez que, como dissemos, a entrada é grátis.

Na saída, um enorme vaso de vidro com dinheiro, convida ao donativo para a manutenção do espaço. Outras das formas, será passar pelo bar ou por uma das diversas lojas onde se podem comprar livros sobre o tema da guerra (ou das diversas guerras que o Mundo já viu), biografias de intervenientes nos climas de guerra ou simples souvenirs de objectos relacionados com a guerra.

Se estiver por Londres, não deixe de visitar este espaço da consciência humana e veja com os seus olhos o que acontece quando a Paz se afasta.

Imperial War Museum

Lambeth Rd, London SE1 6HZ

PN

NOTICIAS RELACIONADAS

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *