O peso e a leveza de existir – Duo Não Não-Eu lança clipe para a música Tormenta
Thursday, November 14, 2019.

“No vazio,  o instante  pode alargar o tempo.

Sinta no corpo, em cada poro, o peso e a leveza de existir”

Essas palavras entrecruzando imagens expressam desejos que se intercalam aos momentos de medo e recolhimento. As cordas representam nossas próprias amarras, já que muitas vezes construímos nossas prisões. Presos nessa corrente imaginária suprimimos o desejo de liberdade. Mesmo assim, como num lampejo, instantes revelam nossa potência. Conseguimos dançar sobre nossos medos e desfrutar de nossos corpos e pulsões. Abraçando as cicatrizes de um corpo que viveu as barbáries do tempo, somos capazes de nos divertir nesse jogo de luz e sombra. Junto ao refrão da música “Me deixa estar perto que te levo para o céu”, o clipe expressa essa possibilidade de viver intensamente as paixões, sem medo do que pode vir depois. O que poderia ser apenas uma mensagem positiva, toma um ar sombrio ao perceber as contradições desse movimento de desejar, assumir e realizar.
Sobre o duo
 
||||| Não Não-Eu |||||
Afro Português Restaurante em Barking

+ Pâmilla Vilas Boas (vocal, guitarra, synths) e Cláudio Valentin (vocal, beats, synths) traz uma melancolia pulsante com canções em português repletas de sintetizadores. O duo acaba de lançar seu novo disco “Pureza e Perigo” – disponível no link spoti.fi/2IHq55Z – e clipe para a música “Sou o que me trai”  – http://bit.ly/2UNVm8z

O duo lançou seu disco de estreia, homônimo, em 2017, que foi elogiado pelos principais veículos de música independente do país, tais como Tenho Mais Discos Que Amigos, Monkeybuzz, Miojo Indie, Revista Noize, New Yeah Música, e figurou entre os melhores lançamentos mundiais pelo site irlandês Super World Tunes.

Em dezembro de 2017 a Não Não-Eu entrou para o catálogo da label Blade Records do Texas e foi destaque em três blogs de Portugal especializados em música. Neste mesmo ano, o duo lançou clipe para o single “Chão” – http://bit.ly/2LbSjYu. Em 2018, a banda lançou um disco de remix, clipe para a música “eu quero fugir”, integrou o line-up do Festival Bananada, do Lacustre Festival e do Big Dia da Música em São Paulo e dividiu o palco da Autêntica com a banda Boogarins.

PN/Londres

NOTICIAS RELACIONADAS

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *