Eastbourne – Comunidade Portuguesa a ferro e fogo
Sunday, December 8, 2019.

Um português em estado de coma num hospital local, um outro português esfaqueado e um restaurante, também português com as montras partidas.

A isto, acrescentamos outro homem português cuja acusação não nos foi confirmada supostamente acusado de assédio e/ou violação sexual. Neste último caso, aguardamos confirmação das autoridades locais. O mesmo não acontece com os casos restantes.

Deputado Liberal Democrata assume que a violência na cidade é assunto interno da Comunidade Portuguesa

Fomos a Eastbourne tentar perceber o que se passa com a Comunidade Portuguesa na cidade situada a Sul de Inglaterra junto ao mar do canal da Mancha a escassos quilómetros de Brighton ou de Folkstone onde existe uma continuada Comunidade Portuguesa.

Em Eastbourne, onde existem cerca de oito estabelecimentos investidos por portugueses, procuramos conhecer as causas para o volume de casos produzidos nos últimos dias. Dois grupos de jovens alegadamente com origens familiares em Câmara de Lobos (Ilha da Madeira) e do Algarve, podem alegadamente estar envolvidos em grupo criminosos que envolvem jovens de outras nacionalidades. Alguns desses jovens, terão aparentemente sido deslocados a partir de Londres por razões judiciais e estar mesmo sujeitos a pulseira electrónica conforme nos foi revelado.

Stephen Lloyd, deputado pelo partido Liberal Democrata a exercer em Westmintser (Parlamento em Londres), escreve uma carta em que refere que o assunto é referente à Comunidade Portuguesa como se esta não fosse também parte da Comunidade Local.

Marina da cidade

Nesta cidade onde residem 90 mil pessoas e onde se estima que 15 mil sejam portugueses, existem duas esquadras de polícia sendo que uma delas funciona no horário e instalações do Município. Nas mais de 60 horas que passamos na cidade, não vimos um único polícia a não ser no interior de viaturas sem qualquer policiamento de proximidade.

As nossas suspeitas, vão no sentido de que poucos jovens portugueses estejam envolvidos em disputas de territórios pelo tráfico de droga mas que os grupos alinhados sejam transversais na nacionalidade o que leva o problema a ser também ele politicamente transversal e não concentrado como refere o deputado Stephen Lloyd que descarta a possibilidade de uma intervenção de fundo pela segurança do seu eleitorado relegando o problema na Comunidade Portuguesa.

Nos próximos dias iremos publicar mais informação que recolhemos e continuaremos a recolher no sentido de alertar as autoridades locais para um drama que envolve a massa Humana jovem de forma transversal e não apenas os jovens portugueses.

Fomos informados (ainda sem confirmação oficial) que serão centenas os jovens de várias nacionalidades que são transferidos de outros locais para Eastbournbe para ficarem “detidos” em casas de acolhimento para delinquentes juvenis e alguns deles, como num dos casos que detectamos, em idade já adulta.

Nos próximos dias publicaremos mais informação e na edição de Natal (em papel) faremos o resumo completo desta reportagem.

No seu Palop News.

PN/Reino Unido

Foto: Local conhecido como frequentemente escolhido para pessoas que procuram o suicídio na cidade local.

NOTICIAS RELACIONADAS

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *