BBC fala dos mapas migratórios da EU para UK
Sunday, March 24, 2019.

Migração do Reino Unido: Menos chegadas da UE, mas o resultado global permanece o mesmo.

A BBC publicou um artigo em dá conta dos fluxos migratórios da União Europeia para o Reino Unido. Segundo o estudo que a BBC publicou, “O número de cidadãos da UE que se deslocam para o Reino Unido continua a diminuir, mas mais pessoas provenientes de outros lugares têm vindo e isso significa que a taxa global de migração permanece inalterada”. – refere o artigo.

Cabeleireiro NW10

Nos gráficos apresentados, a estação informa que “Os números mostram a migração líquida – a diferença entre quantas pessoas vieram para o Reino Unido por pelo menos 12 meses e quantos sobraram – foi de 273.000 no ano passado”. A conclusão é que apesar de haver uma diminuição de europeus a virem para o Reino Unido, esta descida é compensada pela chegada de migrantes de outras nacionalidades.

No estudo que a BBC refere, “A migração líquida da UE foi de 74.000 no ano até o final de junho de 2018, enquanto a migração líquida fora da UE foi de 248.000 – refere.

“O ONS (Instituto Nacional de Estatísticas) disse que mais cidadãos asiáticos se mudaram para o Reino Unido para trabalhar” revela a informação para acrescentar – “O Office for National Statistics diz que 219.000 cidadãos da UE chegaram ao Reino Unido, e são 145.000 os restantes, fazendo com que a migração líquida da UE fosse a menor desde 2012” – numa  clara alusão ao decréscimo de migrantes para o Reino Unido a partir da Europa.

West Norwood – Londres

Segundo a BBC, “Os dados também mostraram que a migração líquida fora da UE foi a mais alta desde 2004” mostrando uma cada vez maior apetência pela migração de outros continentes que não a Europa.

Como a migração da UE mudou o Reino Unido?

Citado pela emissora, “Jay Lindop, diretora do centro de migração internacional do ONS, disse que a migração líquida geral atingiu o pico em 2016 e permaneceu relativamente estável desde então”. Assim se conclui que se os europeus estão a desistir de vir para o Reino Unido, outras nacionalidades de outros continentes estão a compensar essa descida.

Segundo a BBC “No geral, a migração líquida leva também em conta a migração de cidadãos britânicos, dos quais mais 49.000 deixaram o país do que retornou no ano até o final de junho de 2018”, numa clara alusão aos britânicos que escolhem outras paragens para viver.

Nas contas apresentadas pela estação britânica, “até ao final de junho de 2017, a migração líquida da UE foi de 107.000 e a migração líquida de fora da UE foi de 173.000. A migração total líquida foi de 273.000 no mesmo período”. Uma das possibilidades é o facto de haver em curso o Brexit que envolve a União Europeia e o Reino Unido e que poderá estar a levar os europeus a repensarem a sua vinda para o Reino Unido até pelo facto de ter sido anunciado a permanência ao longo de cinco anos antes da saída do Reino Unido da União Europeia em Março de 2019.

A política do governo britânico é reduzir a migração geral para menos de 100.000 por ano.

Uma das soluções que tem sido explorada, é a cidadania britânica para quem pretende permanecer. Neste contexto, a BBC publicou que “Separadamente, o Ministério do Interior publicou estatísticas sobre o número de pedidos de cidadania britânica, que mostram que o número de cidadãos da UE que se candidataram aumentou quase um terço no último ano.” Esta poderá ser uma das soluções e são cada vez mais os portugueses que recorrem ao expediente de possuir um passaporte britânico como garantia de permanência.

Advogada Britânica

Segundo a BBC apurou, “Foram 43.345 solicitações nos 12 meses até o final de setembro – um aumento de 32% em relação ao ano passado.”

Para todos os efeitos, o Reino Unido continua a ser um espaço apetecido para migrantes de várias nacionalidades e mesmo que se verifique uma descida dos migrantes da União Europeia, esta continua a verificar-se com números acima daquilo que o Governo Britânico tem como meta prevendo-se que a partir de 2022 possa haver alterações que serão sempre inferiores àquilo que tem sido temido pelos migrantes a viver no Reino Unido nos últimos anos.

Fonte: BBC

PN/Londres

Direitos autorais da imagem GETTY IMAGES Shoppers in London

NOTICIAS RELACIONADAS

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *