Da situação embaraçosa em que o Governo e Portugal se encontram
Sunday, December 8, 2019.

Na opinião pública portuguesa nota-se uma certa insegurança em relação ao futuro e ao atuar do novo governo. Esta situação foi preparada por Costa que, ao tentar salvar a própria pessoa com a criação da Geringonça, prejudicou o PS e as seguintes constelações do arco do poder.

Afro Português Restaurante em Barking

A geringonça plagiada do modelo escandinavo conduziu à apatia da generalidade do cidadão (abstenção) e ao fomento dos extremos polares.

Também o CDS e o PSD recebem agora a factura por terem investido pouco numa política social cristã democrática. Quanto à escolha das boas pessoas para governar, os portugueses têm pouca possibilidade de escolherem as melhores pessoas que determinem os destinos do país porque os partidos portugueses antes de serem democráticos são partidários, não capacitando, por isso, o surgir de personalidades com rosto de Estado!

A nível político e dos meios de comunicação social temos muitos atuantes a produzir a bílis que outros consomem e depois propagam.

Não será precisa uma crise externa para colocar os portugueses de novo na dependência da Troika. A Troika foi novamente preparada pela Geringonça e agora, que é a altura de Costa apresentar as contas todas

Recolha de todo o tipo de lixos

na mesa, é-lhe embaraçoso ter de se contradizer o feito  com uma nova política que teria de iniciar para salvar a economia portuguesa (Não chega o viver apenas das finanças!). Esta situação, que pode tornar-se desagradável para o PS, será, porém, o caminho para uma política a favor dos portugueses e, como tal, mais responsável e proveitosa.

Precisa-se de partidos em que o humanismo seja prioritário sem ter de criarem a ilusão de se poder gastar sem produzir e ao mesmo tempo evitar as garras da Troika (dos credores).

António Justo

NOTICIAS RELACIONADAS

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *