Palop News, Noticias em Portugues no Reino Unido

  • Aumentar fonte
  • Tamanho normal
  • Diminuir fonte
Home Notícias gerais Notícias gerais
Notícias gerais

Lita Gale insinua alegada corrupção nos corredores do Consulado de Portugal em Londres

Enviar por E-mail Versão para impressão PDF
Advogada portuguesa e inglesa instalada em Londres há quase três décadas, desconfia de quadros do Consulado de Portugal em Londres, de alegadamente se deixarem corromper. Em causa, duas funcionárias do Consulado que supostamente terão recebido valores por favorecimentos diversos.

Lita Gale, advogada em Portugal e Reino Unido e com escritórios nos dois países, denuncia um clima de alegada corrupção exercida sobre duas funcionárias do CGPL (Consulado Geral de Portugal em Londres).

Em causa, está uma lista de advogados conhecida como “lista de preferência” que é distribuída pelo CGPL aos utentes, bem como duas funcionárias das secções de vistos e assistência social.

Segundo Lita Gale, esta lista “existe desde antes de 1996”. No entanto a advogada Ana Afonso Martins, advogada desde 2009, revelou ao Palop News que nem sempre assim foi: “Recordo-me de serem distribuídas as Páginas Portuguesas” (directório de empresas no Reino Unido) e de apenas
 

Fraude - Acusa o Consulado de Portugal em Londres

Enviar por E-mail Versão para impressão PDF
O Consulado Geral de Portugal em Londres denunciou através da sua página do Facebook uma situação de fraude no agendamento de atos consulares.
Segundo a mesma página digital, Helena Cunha, N. Shantilal e M. Costa que são acusados de cobrar "até £60.00 para agendar a visita ao Consulado".
O Palop News contactou Helena Cunha que se recusou a comentar esta questão. Apesar da nossa insistência, Helena Cunha recusou-se também a dizer se vai ou não proceder contra o Consulado Geral de Portugal em Londres. "Não tenho nada a dizer" - foi a resposta repetida às nossas perguntas.
Por tentativa, contactamos também um escritório conhecido pela sigla M. Costa que nos informou não ter
 

Projeto que facilita acesso dos emigrantes aos serviços de saúde em Londres premiado

Enviar por E-mail Versão para impressão PDF
Um médico português envolvido num projeto criado por um clínico britânico para mitigar as dificuldades de acesso da comunidade portuguesa aos serviços de saúde públicos britânicos foi distinguido com um prémio europeu.
Cristiano Figueiredo, atualmente médico interno na USF Ribeirinha, do Centro de Saúde do Barreiro, foi distinguido com o Prémio Hippokrates 2015, atribuído no início deste ano, pelo intercâmbio junto do colega Vikesh Sharma em Lambeth, no sul de Londres.
"Foi considerado diferente e o melhor estágio de 2015 porque não se limitou à observação, mas foi ativo e interventivo", justificou Figueiredo à agência Lusa.
O programa Hippokrates, do Movimento Vasco da Gama, que é composto por 15 países incluindo Portugal e está
 

Português Nuno Silva no elenco da primeira produção de teatro da saga Harry Potter

Enviar por E-mail Versão para impressão PDF
O ator e dançarino português Nuno Silva faz parte do elenco principal da peça "Harry Potter e a Criança Amaldiçoada", a primeira produção em teatro da saga, que vai estrear a 31 de julho em Londres.
Nuno Silva está entre os 42 atores do elenco cujos nomes foram divulgados em primeira mão no ‘site’ "Pottermore", página de internet onde está concentrada a informação oficial ligada ao mundo de Harry Potter.
"É um orgulho fazer parte deste espetáculo e da história! Lembro-me de ler e devorar os livros e agora vou participar no espetáculo que é uma coisa tão especial e mágica", comentou à agência Lusa.
Nesta sequela, o feiticeiro é adulto, casado e com três filhos e trabalha no Ministério da Magia e conta a história de Harry Potter 19 anos depois do último livro da série, "Harry Potter e os Talismãs da Morte".
O texto será baseado num original da autora dos
 

Maria de Lima protagonista de curta-metragem multi premiada sobre Henrique VIII

Enviar por E-mail Versão para impressão PDF
A atriz portuguesa Maria de Lima foi protagonista na curta-metragem multi premiada "I Am Henry", que foi selecionada para o Film Fest Internacional, que decorreu em Londres entre 18 e 26 de fevereiro.
O filme mostrou o rei inglês Henrique VIII na hora da morte, durante a qual contemplava a vida e discutia a sua conduta com os fantasmas das pessoas mais marcantes do seu passado, nomeadamente as ex-mulheres Ana Bolena e Catarina de Aragão e o filho Henrique, morto em criança mas que aparece como adulto.
Maria de Lima interpreta a figura da primeira mulher, Catarina de Aragão, "personagem fascinante" que já tinha interpretado anteriormente numa peça de teatro também em Inglaterra, em 1999.
"Quando surgiu esta oportunidade achei que
 

Londres escutou palestra de Rui Vieira Nery sobre fado antes de concertos de Mariza e Ana Moura

Enviar por E-mail Versão para impressão PDF
O musicólogo Rui Vieira Nery proferiu uma palestra sobre o fado na terça-feira dia 15 de Fevereiro de 2016 em Londres, cidade que vai acolher nas próximas semanas os fadistas Mariza, Ana Moura, Isabel Noronha e Cristiano de Sousa.
O seminário, que teve lugar na universidade King's College London (KCL), vai centrou-se na história da canção portuguesa e nas suas raízes afro-brasileiras e não se destina apenas a uma audiência de académicos.
"As universidades são também um espaço privilegiado para o público que espera informações mais completas e novas perspectivas sobre as artes e culturas. Nesse sentido, convidámos o musicólogo Rui Vieira Nery para uma conversa com o público. Desperta-se assim o desejo não de ouvir fado, mas de o compreender como movimento
 

Joana Carneiro dirige London Sinfonietta na apresentação de “Livro do Desassossego”

Enviar por E-mail Versão para impressão PDF
A maestrina Joana Carneiro dirigiu a 24 de Fevereiro de 2016, em Londres, a London Sinfonietta, na apresentação do espetáculo multimédia do holandês Michael Van der Aa, baseado na obra de Fernando Pessoa/Bernardo Soares, "Livro do Desassossego".
A peça, "The book of disquiet" ("O livro do desassossego"), que subiu ao palco do Teatro Coronet, a versão inglesa do espetáculo, apresentado pela primeira vez em 2009, em alemão, em Linz, na Áustria, quando aquela cidade foi Capital da Europeia da Cultura.
Nesta edição em inglês, o papel de Bernardo Soares foi interpretado pelo ator e realizador Samuel West.
O espetáculo misturou representação e música ao vivo, com música gravada e 'clips' de vídeo, nos quais se destacaram a
 

Humberto Delgado um diplomata que escrevia "RRepública" com dois "R"

Enviar por E-mail Versão para impressão PDF

“Quais são os maiores pulhas e hipócritas? Os Monárquicos ou os Republicanos?” O Governo ou a Oposição?
Humberto Delgado fundamenta, no seu livro “Da Pulhice do Homo sapiens – Da Monarquia de vigaristas pela República de bandidos à Ditadura de papa”, de maneira realista e profética a razão do contínuo adiamento do desenvolvimento de Portugal e da sua governação.
Humberto Delgado fala da “República tuberculosa de nascença”. Escreve República com dois R, esclarecendo: “RRepública” com dois R, em que um é dos roubos”. “Nihil sub sole novum” (Ecl. 1:9)!”
Recomendaria a leitura deste livro a todos, especialmente a quem quer compreender as razões da corrupção do Estado e da nossa “revolução” (coloco o link com o livro em nota (1 e 2). A sua leitura poderá esclarecer a razão porque o regime de Abril fomentou uma atitude
 

Moçambique: Fuga em Massa após Alegados Abusos do Exército

Enviar por E-mail Versão para impressão PDF
6000 trocam Moçambique por condições precárias no Malawi
(Joanesburgo, 23 de Fevereiro de 2016) – O governo de Moçambique deve investigar com urgência as alegações de execuções sumárias, abusos sexuais e maus-tratos por parte das suas forças armadas na província de Tete, anunciou a Human Rights Watch. Desde outubro de 2015, pouco depois de começarem as operações do exército para desarmar milícias ligadas ao principal partido da oposição de Moçambique, Resistência Nacional Moçambicana ou RENAMO, pelo menos 6000 pessoas fugiram para o Malawi.
Em meados de Fevereiro de 2016, várias dezenas de
 

Serviços prestados pelo consulado de Portugal em Manchester dispararam 40% em 2015

Enviar por E-mail Versão para impressão PDF
Os serviços prestados pelo consulado de Portugal em Manchester, em 2015, aumentaram 40%, disse à Lusa o secretário de Estado das Comunidades Portuguesas, que visitou a região por dois dias.
De acordo com José Luís Carneiro, só no ano passado foram registados 40 mil atos consulares, o que representa um "aumento exponencial" relativamente a 2014, disse à agência Lusa.
Este cenário comprova a "necessidade de apoio e reforço" do acompanhamento ao crescente número de portugueses que continua a chegar à região norte do Reino Unido.
Além de Manchester e do município vizinho de Salford, o governante português visitou Wrexham, no País de Gales.
Além de encontros com dirigentes associativos e com os conselheiros das comunidades,
 


Página 9 de 16

Page Peel Banner

Tradutor

Portuguese English French German Italian Spanish
Faixa publicitária

JoomCategories for JoomGallery