Palop News, Noticias em Portugues no Reino Unido

  • Aumentar fonte
  • Tamanho normal
  • Diminuir fonte

Em Março Ame!

Enviar por E-mail Versão para impressão PDF
Dedico esta crónica a todos os que procuram encontrar o amor. Uma vida preenchida é uma vida em que amamos, o poder do amor é vasto e o seu impacto sente-se a nível não só emocional como biológico. Amarmos o que fazemos, quem nos rodeia e sobretudo quem somos dá sentido à vida e faz-nos sentir preenchidos. Para muitos encontrar um amor em forma de uma relação íntima está no topo da sua lista. Se é o seu caso não desista!!
Fevereiro, com o dia de São Valentim, é um mês que incentiva as pessoas para a celebração da sua relação por um lado ou a busca activa de alguém especial por outro. Temas como o amor, relações e ‘dates’ estão na ordem do dia em qualquer meio de comunicação ou redes sociais. Para uns gera pressão e para outros é um incentivo a estar aberto a novas pessoas e a fazer um esforço extra.  Mas depois deste pique, a pressão vai-se, e ninguém fala no tópico, e este quase como que desvanece.
O desafio que coloco é como manter em Março e nos próximos meses o foco no amor? Como manter a motivação da procura? Como manter-se focado no seu objectivo de encontrar o amor e ao mesmo tempo manter-se alinhado e preparado para o receber quando o encontrar?
Dicas para Amar e encontrar o Amor:
1.Procurar o Amor não implica tirar o foco de si próprio, muito pelo contrário mantenha o foco em si: Quem é, o que o faz feliz, o que procura. Siga as suas paixões. Ama-se!!!!! Só quando se amar vai encontrar alguém que o ama. Coloque-se sempre em primeiro lugar. Você é a sua prioridade, siga a sua vida não espere por ninguém para viver. Quando está bem consigo próprio projecta confiança, alegria, boa disposição que são qualidades muito atractivas. 
2. Amar implica estar aberto para deixar entrar uma pessoa na sua vida, para tal tenha abertura para conhecer pessoas novas, para falar com estranhos. Lembre-se que um estranho pode ser um amigo que ainda não conhece. E podemos conhecer alguém em qualquer situação: festa, café, através de amigo, interesses mútuos, metro, aeroporto, o mundo é um poço de oportunidades. Sorria e permita-se alguma abertura para situações espontâneas no dia a dia. Ou crie oportunidades para conhecer alguém, seja criativo e faça um esforço: vá ao evento que foi convidado e onde não conhece ninguém. Procure actividades que gosta, que o façam sorrir, que o façam sentir bem. Assim terá oportunidade de conhecer pessoas novas com gostos semelhantes e que partilham os mesmos interesses, terão mais tópicos em comum para falar e possivelmente ambos vão estar bem dispostos pois estão a fazer o que gostam.
3. Ter abertura para Amar implica deixar-se conhecer como é, mostrar-se, expor-se. Permita-se ser quem é. Amar deixa-nos vulneráveis pois expomos quem somos na nossa totalidade, com todas as nossas qualidades (que são muitas) e também com os nossos defeitos (ou áreas de potencial desenvolvimento). Lembre-se que ninguém é perfeito, e a imperfeição é característica da condição humana. Ser vulnerável assusta, para tal é necessário confiança e coragem para ser si próprio. Você já tem na sua vida pessoas que o conhecem, gostam de si e o valorizam. Tem essa capacidade, você é suficiente! Não se esqueça disso nos momentos em que esta mais vulnerável e que se expõe a pessoas e situações novas.
4. Amar implica confiar no outro e amar implica confiar em si. A capacidade de confiar no outro está ligada à sua capacidade de confiar em si para fazer as melhores escolha para a sua vida, para saber quais são as suas necessidades e os seus limites. O facto de confiar em si vai dar-lhe segurança e naturalmente as relações vão fluir melhor pois consegue comunicar quem é, ser verdadeiro e expressar o que sente na relação, o que funciona e o que não funciona e pode ser trabalhado. 
Mas aconteça o que acontecer persista, continue amar na sua vida, ame-se, procure fazer o que ama, e rodear-se de quem o ame e mais cedo ou mais tarde encontrará a relação que ambiciona.
__________________________________________________________________
By Marta M Pires
Marta é Psicóloga clínica. A sua experiencia clínica inclui atendimento psicológico com crianças e adolescentes e adultos. A Marta é também especializada em regressões a vidas passadas.
Se tem algum assunto que gostaria de ver abordado nas minha crónicas ou se tem alguma questão que gostaria de colocar, envie o seu email para 
 

Page Peel Banner

Tradutor

Portuguese English French German Italian Spanish
Faixa publicitária

JoomCategories for JoomGallery