Palop News, Noticias em Portugues no Reino Unido

  • Aumentar fonte
  • Tamanho normal
  • Diminuir fonte
Home Comunidade Portugal Ponto final, Dia de Portugal

Ponto final, Dia de Portugal

Enviar por E-mail Versão para impressão PDF
No rescaldo da maior festa em português em todo o Reino Unido, entrevistamos a Organização do evento. Nesta edição, ouvimos Celestino Rodrigues, titular de uma candidatura que não viu a luz do dia. Este "barrister" de profissão, aceitou esta entrevista dois meses antes do evento e três meses antes de ser publicada.
Abrimos a conversa sobre o hobbie deste português que já leva mais de 40 anos em Londres e que se licenciou em Direito na Kings College University.
Riu-se.
É contudo nas cordas que Celestino Rodrigues se perde. Membro da "Sociedade de Autores" do Reino Unido, "Tino", como é conhecido na comunidade, tem vínculo como compositor com a Universal Music. "Toco tudo o que tenha cordas" - diz Celestino.
O jazz e o blues, completam a forma como se apresenta.
Celestino Rodrigues, assume que não é um rosto conhecido pela comunidade. "Estou cá há 40 anos e muito mais integrado com a comunidade inglesa" - afirma.
Amante da leitura e do teatro, "esbarra" frequentemente com os restaurantes de gastronomia portuguesa. É num desses "esbarranços" que aparece o lugar à candidatura do Dia de Portugal.
"Tino" conta que foi no restaurante A Toca na Wansworth Road.
- O Fernando Marques desconhecia a existência de qualquer comissão para organizar o evento em 2012 e eu sugeri-lhe que se ninguém o estava a fazer, podia-mos fazê-lo nós. Organizei-me e apresentei uma candidatura".
O pedido de licenciamento entra no Lambeth Council a 30 de Dezembro de 2011 para cumprir os prazos de candidatura aos incentivos oficiais - refere "Tino".
Ao nosso entrevistado e a Fernando Marques, viria mais tarde a juntar-se Augusto Neira Nunes, Conselheiro da Comunidade Portuguesa e Presidente da Associação A Família" e a este trio, uma cidadã inglesa especializada em finanças.
- Havia um projecto para servir a comunidade sem ser só com sardinha assada - refere Celestino que vê o evento com "capacidade para mais cultura".
O projecto assinado por Celestino Rodrigues, segundo o próprio, levaria o "teatro ao Dia de Portugal".
Celestino Rodrigues, refere o déficit de Formação da população portuguesa em Londres como a maior dificuldade de comunicação e por isso apoia um maior investimento na cultura de raiz.
Tarde ou cedo, a candidatura de Rui Simões e a de Celestino Rodrigues tinham encontro marcado.
"Aconteceu um dia no final de janeiro, no Café Portugal (South Lambeth Road) quando soube que havia outra candidatura em curso
Mais tarde, Rui Simões informou-me que a sua candidatura estaria mais bem posicionada por "já terem mais experiência alegando conhecimentos «oficiais» que o poderiam ajudar. Ao mesmo tempo, oiço dizer que afinal foi devido ao facto de haver uma dídiva anterior. A ser verdade, é uma irregularidade porque o Council não pode aprovar uma candidatura que está em débito. Acho isso muito estranho".
Foi neste contexto que Celestino Rodrigues decidiu recorrer da decisão municipal embora "isso nada tenha que ver com o Sr. Rui Simões. É entre mim e Steve Reed (Council de Lambeth) - diz.
Confrontamos "Tino" com a eventualidade de haver um duplo caminho. Seria o edil ou o seu "staff" que é necessário ultrapassar?
- É uma questão política - diz "Tino" para continuar - "somos uma comunidade desorganizada e há um aproveitamento político de Steve Reed, diz o "barrister", socialista de tendência política.
Para Celestino Rodrigues, o que (ou que não se passa mas deveria passar) se passa na comunidade de Lambeth, tem a mesma idade que Steve Reed tem de mandato político.
Celestino Rodrigues, partilha a ideia de que deveria haver mais envolvimento da comunidade na política local mas que dentro da comuniade "devemos caminhar sem invejas ou ciúmes".
Segundo "Tino", a sua candidatura foi recusada pelo município por falta de documentos que faltavam no processo mas até 30 dias depois do evento, ainda não sabe quais são os documentos que estavam a faltar na candidatura.
A candidatura, acabaria por ter a hora de ponta no dia 15 de Fevereiro, quando foi cancelada.
- Influências sobre a minha aplicação e suspeitas de corrupção fizeram-me retirar a minha candidatura - diz.
Eu sabia que havia alguma coisa por detrás, interesses que eu não entendo e que não estão identificados.
- Quem é que ganha com isso? - perguntamos.
- Na comunidade o populismo, na edilidade o poder político. Steve Reed pode assim controlar à maneira dele.
Celestno Rodrigues, apela à ausência de Formação e ao fraco domínio da Língua Inglesa para que políticamente a comunidade possa ser "manipulada".
Steve Reed, é aqui o alvo principal do "barrister" português. "Acredito que no staff de Steve Reed possa haver elementos que lucrem com a incapacidade da comunidade portuguesa poder ser mais participativa". Para Celestino Rodrigues, é susceptível um movimento no quadro municipal que encosta a comunidade portuguesa "ás cordas".
Quanto à edição de 2012, Celestino Rodrigues afirma:
- Nem fui ao Dia de Portugal. Fiquei chocado com a atitude da Organização que acabou por resultar num fracasso onde a afluência baixou tanto no público como nos participantes e sponsers.
Para "Tino", o modelo da festa italiana seria o ideal com maior enfoque na cultura. "O folclore e as porcelanas" foram o suficiente para convencer o mercado dos sponsers.
Com mais de 40 anos em Londres, "Tino", desfia os nomes dos sponsers em carteira. "Tinhamos a Ryan Air, o Barklays International e a Universal Music" - refere.
Para este ultimo patrocínio, "Tino" invoca os mais de 30 anos que tem contrato com a editora.
Celestino Rodrigues confirma que houve de facto contactos entre ambas as candidaturas para abordar a questão do budget do evento. Celestino Rodrigues, diz ter apreentado a Rui Simões o nome dos sponsres que estariam avaliados num valor acima das 40 mil libras "e Rui Simões ofereceu-me uma comissão" sobre esses patrocínios. "Disse-lhe que ía pensar no assunto e retirei-me" - diz.
Em causa, o facto de os sponsers não estarem disponíveis fora do contexto do projecto que foi apresentado pela "comissão" de Celestino Rodrigues. "É uma questão de confiança entre os sponsers o os interpretes da organização" refere "Tino" no seu discurso.
O facto de Rui Simões ser um estranho para estes sponsers, levou "Tino" a abortar a ideia.
Para que o aluguer do Kennington Park pudesse beneficiar dos prazos de candidatura para a gratuitidade, Celestino Rodrigues afirma que ofereceu a sua "aplicação" a Rui Simões e que este terá dito que isso seria "irrelevante". Estava aberto o percurso que fecha nesta entrevista.
Para "Tino", está na hora de olhar um pouco mais para dentro. "Depois disto é difícil" - diz sobre manter a equipa.
"Fiquei muito desapontado e é muito difícil recuperar o ânimo".
- Para 2013?
- Esperamos que as associações se juntem e formem uma comissão de onde possa partir para a organização do evento. Há muitas coisas para mudar. 
Sobre o aumento da dívida da "festa dos portugueses" no Município de Lambeth, Celestino não deixa margem para dúvidas. "Só prova que andamos para trás. Houve interferências e possívelmente incompetência para fazer um evento desta envergadura".
- Erros?
- Voltamos atrás na mentalidade do populismo e de pessoas que querem mostrar uma coisa sem competência para o fazer. É uma feira de vaidades".
Agastado com tudo isto, o "barrister" musico refere Fernando Marques e Augusto Neira Nunes como pessoas integras e responsáveis. "Não faz sentido nenhum o que Rui Simões diz sobre eles".
- Por duas vezes o Augusto Nunes me contactou dizendo que iria colaborar com Rui Simões para banefício da própria comunidade. Das duas vezes foi recusado e mais uma vez o assunto são as "vaidades".
Celestino Rodrigues, não desistiu porém da ideia de 2013. "Se as coisas se conciliarem há a possibilidade de fazer uma coisa diferente".
"A comunidade tem que se esforçar mais em termos de integração. Esta é a base. Populismo, vaidades e egoísto" são as raízes onde "Tino" mete o machado.
Venha 2013.
 

Comentar


Código de segurança
Actualizar


Page Peel Banner

Tradutor

Portuguese English French German Italian Spanish
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária

JoomCategories for JoomGallery