Palop News, Noticias em Portugues no Reino Unido

  • Aumentar fonte
  • Tamanho normal
  • Diminuir fonte
Home Comunidade Moçambique Mulheres moçambicanas "rasgam" Londres

Mulheres moçambicanas "rasgam" Londres

Enviar por E-mail Versão para impressão PDF
Evelize Ferreira da Silva, vice presidente da AMARU (Associação das Mulheres Moçambicanas no Reino Unido), era o rosto sorridente a servir de espelho à África Austral em Londres.
A festejar o Dia da Mulher Moçambicana (7 de Abril) em Londres, compareceram as mulheres, os homens, as crianças e em suma, a família para uma mostra gastronómica de fazer crescer água na boca.
35 anos depois da independência, é também a emancipação da mulher que moçambique festeja e que as mulheres moçambicanas apoiam em qualquer parte do Mundo; em Londres, também.
Quando questionamos a líder associativa sobre como é que as mulheres moçambicanas vivem no Reino Unido, a resposta foi clara. "Sobrevivem" - disse ao nosso reporter.
Segundo as palavras da nossa entrevistada, a questão dos vistos é complicada e nem o facto de Moçambique pertencer à rede de nações debaixo da coroa britânica ajuda.
"Ao contrário do que se pensa, não é um privilégio. Os moçambicanos enfrentam a questão dos vistos e do controlo policial por não serem europeus e mesmo os nossos estudantes que são muitos, estão limitados ao período dos estudos" afirmou Evelize Ferreira da Silva.
Moçambique, sem grandes tradições na imigração, tem um Londres das mais pequenas comunidades luso falantes mas nem por isso das menos activas. Se a comunidade portuguesa reunir a mesma porcetagem que a comunidade moçambicana movimenta nos seus eventos, as iniciativas portuguesas teriam mais de 70 mil pessoas. Na prática, isto significa que uma das mais pequenas comunidades é das mais activas.
Com cerca de 500 pessoas a viver em Londres, a AMARU tem mais de uma centena de associados e isto é um exemplo para todas as outras nacionalidades que falam português, com centenas de milhar de residentes e vazias de associativismo. Neste aspecto, África tem sido um exemplo para todos os CPLP's.
O apelo, é para que "todos os moçambicanos se registem na sua embaixada. Nós não estamos aqui para controlar mas para ajudar. Sabemos que muitos moçambicanos têm passaporte português e a Embaixada tem conhecimento disso. Estamos aqui para ajudar os moçambicanos" diz a líder associativa.
A AMARU, é uma associação com estatutos e reune nas instalações da Embaixada porque ainda não tem instalações físicas. No entanto, e apesar de ser uma associação de mulheres, está disponível para judar qualquer moçambicano que precise de ajuda. "Sem medos" diz a nossa interlocutora.
Nos "conteiners", era abundante a feijoada, a dobrada com repolho, a farinha de milho, a mucapada e uma especialidade de fazer crescer água na boca. Frando grelhado com côco.
"A Embaixada é o nosso representante aqui no Reino Unido" refere a nossa entrevistada que desafia todos os moçambicanos a entrar em contacto.
No evento, foi sorteada uma viagem com o apoio da Gee Jay Travel a um destino que é surpresa para o premiado.
A marrabenta, essa..., foi pela noite dentro com o clorido dos trajes a desenhar a palavra saudade do sol e de uma bebida com marisco.
"Moçambique é para todos nós" - termina.
Aqui ficam os contactos 02073833800 - 07508572323 - 01214226996
 

Comentários  

 
0 #2 Aurelio Cuinica 19-09-2014 08:42
Ola a todos, e' bom estar em Londres e saber que ha' uma associacao Mocambicana que pode se confiar.

Continuem com mais firmeza,
Cuinica
Citar
 
 
+1 #1 Mocimbra 04-01-2012 11:46
É gratificante ver o Nome de Moçambique a ser elevado ao mais alto nível.
Parabéns AMARU.

Pela Mocimbra - Casa de Moçambique em Coimbra

Jair Chiulele
Citar
 

Comentar


Código de segurança
Actualizar


Page Peel Banner

Tradutor

Portuguese English French German Italian Spanish
Faixa publicitária
Faixa publicitária

JoomCategories for JoomGallery